quarta-feira, 18 de maio de 2011

O poder do Natto


O Natto é o teste de fogo para quem se diz fã de comida japonesa: muitos não conseguem esconder a expressão de repugnância diante de sua aparência pegajosa, forte odor e sabor característico.No entanto, diversos estudos já comprovaram os benefícios deste alimento milenar, que nada mais é do que soja fermentada pela ação de uma bactéria, originalmente encontrada na palha de arroz.

Além dos nutrientes da soja, o natto possui a enzima nattokinase, que “afina” o sangue, dissolvendo coágulos sanguíneos formados devido ao aumento do nível de colesterol, ajudando a prevenir infartos, derrames e outros problemas de saúde. Também é rico em vitamina K2, que melhora a absorção do cálcio e é aliada na prevenção da osteoporose, e em colina, uma vitamina que estimula a memória. Além disso, o natto auxilia na manutenção da flora bacteriana intestinal, promovendo o bom funcionamento do intestino.
A enzima nattokinase perde seus efeitos a uma temperatura acima de 70ºC , portanto o ideal é consumir o natto frio. Adicione cebolinha para aumentar seu poder de “afinar” o sangue. Para quem não consegue encará-lo, uma dica: experimente a versão desidratada (dry natto), com sabor e odor menos acentuados.

Sojas fermentadas ou coaguladas - podem e devem ser consumidas

* Natto(pronuncia-se natô)
Pasta de soja fermentada, de consistência pegajosa e pobre em calorias. Costuma ser servida com arroz, cebolinha e molho de soja. Possui elevado conteúdo de isoflavonas bioativas.

*Pasta de soja (missô)
Alimento fermentado feito a partir de grãos de soja combinados com outros grãos, como arroz e cevada, além de sal marinho. Muito rico em proteínas, vitamina B-12, aminoácidos essenciais e minerais como cálcio e ferro. Apresenta baixo teor de gorduras e de calorias. É usado para temperar sopas, cereais, legumes, vegetais, carnes, peixes e frutos do mar. Como o Natto, também possui elevado conteúdo de isoflavonas bioativas.

* Tofu ou queijo de soja
É feito a partir do leite ou extrato de soja, por meio da coagulação das proteínas presentes no extrato da soja. É rico em proteínas, possui ferro, fósforo e vitaminas do complexo B. Tem baixo teor de carboidratos, calorias e gorduras saturadas. É um excelente substituto para carne e laticínios, e pode ser usado em sopas, cozido com grãos ou vegetais, com macarrão, em saladas, conservas e pode servir de base para molhos e patês.

Benefícios do uso do VINAGRE DE MAÇÃ NATURAL

Vinagre de maçã: vai bem
com sopas frias como
gaspacho (sopa espanhola
à base de tomate e pepino).


O vinagre de maçã natural estimula o fígado a eliminar toxinas e aumenta o gasto calórico. Além disso, favorece a circulação sangüínea. Resultado: há uma redução na circunferência do abdômen e até na celulite.


RECEITA: Misture 1/4 de copo (50 ml) de vinagre de maçã orgânico ou de arroz na mesma medida de água morna e beba diariamente antes do café da manhã, almoço e jantar.



SAÚDE À TODOS SEMPRE!


domingo, 8 de maio de 2011

Batata Yacon




Batata Yacon (Smallanthus sonchifollius)
Ø FOS
Ø INULINA



BENEFÍCIOS:

* Prebióticos (Bifidobacterium bifidum; L.acidophilus; L. plantarum; L)
* Redução de colesterol e Triglicerídeos
* Redução da Glicemia e RI
* Perda de peso corporal
* Redução de circunferência abdominal

Modo de consumir:

A melhor forma de consumo é crua.


Dica: como a batata yacon se parece muito com uma pêra, sempre recomendo usar 1 fatia de yacon batida com um copo de suco qualquer. Isso faz com que o suco tenha uma carga glicêmica menor, liberando menos quantidade de insulina, ajundando no emagrecimento e na prevenção de diabetes.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Benefícios do consumo da Polpa da Banana Verde



Banana Verde - Considerada um alimento funcional, a Banana Verde, indicada também para melhorar sua digestão, quando cozida, apresenta vários benefícios que estão sendo estudados:
• Alto conteúdo de amido resistente. O amido resistente é similar à fibra alimentar que não é digerida nem absorvida pelo intestino delgado. Assim, no intestino grosso ele é fermentado, produzindo substâncias que servem como fonte de energia para produção de bactérias benéficas do nosso intestino. Essas bactérias tem a capacidade de manter a integridade da mucosa do nosso intestino, que é responsável pela absorção adequada dos nutrientes e pela barreira da entrada de substâncias maléficas. Desta forma o consumo de banana verde auxilia no bom funcionamento do trânsito intestinal, evitando episódios de diarréia ou constipação, além de evitar o desenvolvimento de câncer de intestino. Você pode potencializar a saúde do seu intestino com a biomassa de banana verde.
- Estudos indicam que o consumo de amido resistente também atua na redução do colesterol, pela redução de sua produção pelo fígado, e pelo aumento da sua eliminação pelos ácidos biliares. Desta forma, a banana verde pode também ter uma importante função na prevenção do desenvolvimento de doenças do coração.
Baixo índice glicêmico. Um alimento tendo baixo índice glicêmico, faz com que a sua digestão e absorção seja mais lenta, assim a quantidade de glicose liberada no sangue é mais lenta também. Isso contribui então para a prevenção do desenvolvimento de diabetes, e ajuda aqueles que já tem o diagnóstico de diabetes, pois controla a glicemia no sangue, além do acúmulo de gordura corporal, devido ao aumento da saciedade promovido pelo amido resistente.

A banana verde na forma cozida é apropriada ao preparo de subprodutos como a biomassa e a farinha de banana verde, que são utilizadas para a confecção de bolos, biscoitos e outras massas, substituindo a farinha de trigo. Além disso, você pode adicionar a biomassa da banana verde em sucos de frutas e vitaminas.

O preparo da banana verde é simples e pode ser feito em casa.

Veja como preparar a biomassa:
1. Lave as bananas verdes com casca, uma a uma, utilizando esponja com água e sabão e enxágüe bem;
2. Em uma panela de pressão com água fervente (para criar choque térmico), cozinhe as bananas verdes com casca, cobertas com água por 20 minutos;
3. Desligue o fogo após os primeiros 8 minutos, e deixe que a pressão continue cozinhando as bananas;
4. Espere o vapor escapar naturalmente. Não force o processo abrindo a panela debaixo da torneira, por exemplo;
5. Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água quente da panela;
6. Vá aos poucos tirando a casca da polpa, que deve ser passada imediatamente no processador. É importante que a polpa esteja bem quente, para não esfarinhar;
7. Coloque a quantidade desejada da polpa cozida quentíssima no processador;
8. Processe até obter uma pasta bem espessa;
9. Se não for utilizar imediatamente, guarde a polpa em saco plástico. Essa polpa pode ser guardada por 3 a 4 meses no congelador, mas necessitará de um reprocessamento.

Consumo: 1 a 4 colheres de sopa ao dia.

Abaixo segue um exemplo de uma receita saudável em que a biomassa pode ser adicionada:
Suco funcional:
Ingredientes:
- Suco de 1 laranja
- 1 folha de couve
- 1 colher de sopa de linhaça
- 1 colher de sopa da biomassa de banana verde
Modo de preparo:
Bata os ingredientes no liquidificador e consuma este suco energético no café da manhã.Farinha de Banana VerdeDescasque 12 bananas verdes (de qualquer tipo), coloque as frutas em 1 fôrma e leve ao forno baixo, preaquecido até secar. Mexa de vez em quando com uma colher de pau. Corte em rodelas e bata no liquidificador até triturar

ASPARTAME: "Por quê correr riscos?!"



Entrevista com Laurent Chevallier, nutricionista, advertindo para o uso de aspartame.

" O aspartame está presente em cerca de 6000 produtos e consumido regularmente por 200 milhões de pessoas em todo o mundo. O aspartame é o alimento edulcorante mais comum, ele é encontrado em produtos light, refrigerantes, iogurtes e outros adoçantes. Mas, segundo dois novos estudos científicos, esta não é uma substância benigna. O aspartame causa riscos à saúde. Laurent Chevallier é um nutricionista membro da Rede Ambiental da Saúde (RES) da França. Ele só alerta.

Leia a entrevista.
- Quais os riscos que o aspartame pode ter para a saúde?
Um estudo dinamarquês realizado em cerca de 60.000 mulheres grávidas, mostra que beber uma lata de refrigerante adoçado com aspartame por dia aumenta 38% o risco de parto prematuro. Estes resultados disponíveis desde junho 2010 ainda não provocou nenhuma reação das autoridades de saúde.
* O segundo estudo, realizado em ratos pelo cientista italiano Morando Soffritti, afirma que o aspartame aumenta o risco de câncer de fígado e câncer de pulmão. Nós tentamos acreditar que o aspartame não tem nenhum efeito sobre a saúde, o que é falso. Ele tem efeitos para a saúde, especialmente em casos de exposição prolongada. Deve-se alertar, eu confio exclusivamente em dados científicos.

- Como explicar que, apesar das suspeitas de ter sido o adoçante, é sempre aprovado pelos testes oficiais?
Ainda em 2007, com André Cicolella, presidente da RES (Environmental Health Network), já havíamos alertado, incluindo o grupo de mulheres grávidas, os perigos deste edulcorante. Na época, um estudo já mostrou que houve um aumento dos riscos de câncer para a prole. As autoridades de saúde não validaram esses estudos, questionaram a metodologia. Mas seja qual for a metodologia, os estudos devem ser considerados. As evidência já não são suficientes para se tomar uma decisão? E, mais simplesmente, por quê tomar riscos? Culturalmente, as agências de saúde tendem a favorecer uma negação do risco. Especificamente, o que você recomendaria? Dizer e reiterar que as mulheres grávidas devem ter muito cuidado. Essa regra também deve ser aplicada às crianças. Especialmente porque o aspartame não faz absolutamente nada em termos de controle de peso. Fisiologicamente, a bebida base para o homem, é a água. Aspartame ou não, em qualquer caso, nós consumimos muito açúcar.

Palestra publica realizada sexta-feira às 15h no , 15 rue de l'Ecole de Medicina de Paris, 6, Farabeuf Auditório, com a participação de Laurent Chevallier e Soffritti Morando. Entrevista por Claire 18/01/2011 The Axe Publicada no site da Revista Elle França em 20/01/11. http://www.elle.fr/elle/